[exibição] este corpo é tão impermanente…

Filtros:
Filtrar por
Data
  • 02 de out
  • 03 de out
  • 04 de out
  • 05 de out
  • 06 de out
  • 07 de out
  • 08 de out
  • 09 de out
  • 10 de out

[exibição] este corpo é tão impermanente…

this body is so impermanent... | EUA

Direção de Peter Sellars

Data e hora

10/10 • 21h00 às 22h18

Adicionar ao Calendário do Google

Duração 78 min.

Recomendação etária: Livre

O que podemos aprender com um vírus? Reconhecer a Covid-19 não apenas como uma aflição, mas também como uma mensageira? O Vimalakirti Sutra, texto budista do primeiro século da Era Comum, entende a enfermidade como um caminho para o despertar espiritual. Sua figura central é um empresário que se dirige a seus semelhantes do leito de doente. Seus ensinamentos surpreendem por não temer a morte e encarar a vida sem ilusões.

Interseções da arte e da medicina – no rastro das mudanças de paradigma que afetam a humanidade desde 2020 – impulsionaram a cantora Ganavya Doraiswamy, o dançarino de improvisação Michael Schumacher, o calígrafo Wang Dongling e o encenador Peter Sellars a criar uma meditação simultânea de pouco mais de uma hora que explora duas páginas dessa escrita visionária e icônica.

A colaboração em ciberespaço desde China, Estados Unidos e Europa, portanto em distintos fusos horários, entrelaçou três formas de arte como um filme feito em tempo real.

O texto contrasta o corpo que é impermanente, que está fadado a ser quebrado e destruído, com o corpo da realidade, formado por todas as nossas boas ações, sabedoria, generosidade, amor, paciência, moralidade, transcendência, bondade compartilhada e coragem. Assim, este corpo é tão impermanente… ambiciona torna-se um memorial de sofrimento compartilhado e uma mensagem de beleza e esperança.

Sellars cumpriu extensa carreira à frente de tragédias, dramas e oratórios na ópera e no teatro, além de assinar direções no cinema.

FICHA TÉCNICA 

Uma produção de The Boethius Initiative na UCLA e Fisher Center em Bard

Diretor: Peter Sellars

Produtores executivos: Peter Sellars, Gideon Lester e Diane J. Malecki

Produtores: Julia Carnahan, Cheng-Sim Lim, Caleb Hammons, Susan Pertel Jain, Jason Silverman e Cathy Teixeira

Elenco: Wang Dongling, Michael Schumacher e Ganavya Doraiswamy

Diretor de fotografia (Hangzhou): Yu Lik-wai

Fotografia segunda unidade (Portland): Just Joondeph Hoffer

Designer de som: Shahrokh Yadegari

Editor: Tim Squyres

Sutra Vimalakirti

Tradução em inglês: Robert Thurman

Tradução em chinês: Kumārajīva

Tradução em português: Fernanda Mello

este corpo é tão impermanente… foi possível com o apoio de: June e Simon Li; The J. Paul Getty Trust; Burroughs Wellcome Fund; The Fisher Center Artistic Innovation Fund, com o apoio principal de Rebecca Gold Barbara e Sven Huseby; University of Kentucky International Center; Asia Society – Center on U.S.-China Relations; Fundação Thendara; Carol e Harvey Berman; Arquivo de Cinema e Televisão da UCLA

Agradecimentos especiais para: Wang Dongling Ink Studio

Articulação no Brasil: prod.art.br (Ricardo Muniz Fernandes e Ricardo Frayha)

Legendagem: Rodrigo Gava

Data e hora

10/10 • 21h00 às 22h18

Adicionar ao Calendário do Google

Duração 78 min.

Recomendação etária: Livre

Programação relacionada
[mostra de filmes] Ó, meu corpo! Uma coleção de filmes incorporados

O corpo como território de disputas e construções. Curadoria de Amaranta Cesar.

  • 02/10/21—10/10/21
Compartilhe

Programação Ao Vivo | out 2021